Como entrar nos esports em 2022

Tweet
Como entrar nos esports em 2022

Não existe uma indústria tão empolgante quanto a dos esports. É o fenômeno do entretenimento global que atraiu o investimento de celebridades como Ronaldo Fenômeno e DJ Alok. Como resultado, estamos vendo mais pessoas do que nunca nos perguntando como conseguir um emprego na área. Esta é uma pergunta complicada em qualquer setor de trabalho, mas fica ainda mais difícil quando se procura um emprego nos esports, pois não há rotas de entrada óbvias.

Na verdade, porém, há mais oportunidades do que nunca aparecendo. Publicamos centenas de oportunidades todos os meses em nossa plataforma, então você pode ver que há diversos empregos ótimos para se obter nos esports.

Neste artigo, vamos listar alguns passos que você pode seguir para melhorar sua chance de aterrissar em uma carreira profissional neste cenário maravilhoso. Confira abaixo todas as informações que você pode precisar para se tornar um candidato excepcional nessa indústria.

Aqui estão nossas sete regras de ouro para entrar no esports

  • Aprimore as habilidades relacionadas aos seus pontos fortes
  • Frequente torneios e eventos
  • Explore oportunidades perto de onde você mora
  • Passe algum tempo aperfeiçoando seu currículo e carta de apresentação
  • Seja proativo em seu tempo livre
  • Utilize as redes sociais
  • Verifique a Hitmarker com frequência

Esses são os pontos principais que achamos que as pessoas que buscam entrar nos esports devem focar. Agora vamos mergulhar mais a fundo em cada um deles.

1. Aprimore as habilidades relacionadas aos seus pontos fortes

Este pode ser o ponto mais complicado em nossa lista, mas na verdade é bastante simples e realmente ajudará você a encontrar um emprego na indústria de esports. Muitas das empresas que contratam na área são startups com orçamentos baixos, e mesmo as organizações estabelecidas no cenário podem ter que ser mais conservadoras com seu orçamento de contratação do que uma empresa em uma indústria mais estabelecida.

Por causa disso, muitos trabalhos nesse mercado exigirão que a pessoa seja pau para toda obra com várias funções em uma empresa, pois não há funcionários suficientes para atribuir um para cada área. Se você conseguir chegar à frente no jogo e preparar seu conjunto de habilidades para esse tipo de cenário, você realmente aumentará suas chances de trabalhar nos esports.

Usaremos o setor de design gráfico como exemplo, já que é popular na Hitmarker. Uma empresa pode estar procurando designer gráfico para trabalhar em sua identidade visual, mas também pode precisar que essa pessoa seja capaz de criar gráficos animados para os vídeos que produz. Se você está se candidatando, mas só pode cumprir a responsabilidade de design gráfico deste trabalho, então sua candidatura geralmente será menos valiosa do que alguém que tem o motion design como outra habilidade.

Uma boa dica para entrar nos esports é identificar seus pontos fortes (neste exemplo, foi o design gráfico) e tentar desenvolver habilidades relacionadas a eles. Então, quando você encontrar vagas que combinem com você, você atenderá aos requisitos solicitados ou os excederá.

Exemplos de outros setores onde você pode desenvolver habilidades relacionadas são:

  • Marketing - explore o marketing digital, o marketing de influência e as redes sociais
  • Redes Sociais - analise a gestão da comunidade, redação criativa e habilidades básicas do Photoshop
  • Redação - pesquise SEO e marketing de conteúdo

Por fim, você deseja se tornar a pessoa mais valiosa possível para a empresa para a qual está se candidatando. Adicionar habilidades como essa ao seu arsenal é uma maneira fantástica de demonstrar esse valor.

2. Frequente torneios e eventos

Devido às restrições que o COVID causou em todo o mundo, eventos ao vivo foram umas das coisas que foram interrompidas por ora. Assim, este ponto não é tão relevante como normalmente seria.

Muitos profissionais de esports falam bem sobre o quão longe você pode chegar ao frequentar torneios e eventos. Então, existe algo que você pode fazer enquanto as viagens e grandes aglomerações estão limitadas?

Sim, na verdade, existe. Logo após o COVID ter parado o mundo, as empresas rapidamente ofereceram soluções online. A Gamerjibe hospedou uma exposição de carreiras virtual em 3D baseada em navegador da qual participamos, o Esports Insider fez seus principais eventos de negócios online, assim como a BGS, o Esports BAR e o Inven Global fizeram ações de forma digital. Ainda existem oportunidades para fazer novos contatos com profissionais na indústria de esports. Isso pode te levar à perspectivas de carreira, outras conexões relevantes ou referências dentro das organizações. Frequentemente, vamos falar sobre estes eventos em nosso site e em nosso perfil do Twitter.

Os eventos online oferecem às pessoas de qualquer lugar do mundo a chance de conhecer os tomadores de decisão do setor. Não foi possível participar de uma LAN no passado porque a LAN mais próxima ficava a cinco horas de distância? Não com as conferências online. Vale a pena avaliá-las sempre que você vir uma nova.

Quando as coisas voltarem ao normal e você vir um evento de esports aparecer perto de onde você mora, considere seriamente a possibilidade de participar. Além de se divertir, você também pode imprimir cartões de visita antes do evento para dar a qualquer profissional que possa conhecer ou tentar marcar reuniões através do Twitter ou email antes do evento. Mas tenha em mente que as pessoas que trabalham lá estarão com horários muito ocupados, então não se sinta desanimado se eles não puderem arranjar tempo para você.

3. Explore oportunidades perto de onde você mora

Achamos que o este ponto é uma forma inexplorada de ganhar experiência nos esports que pode levar você a conseguir um emprego na área. Uma das muitas coisas boas sobre essa indústria é que muitas pessoas que trabalham na cena estão mais do que dispostas a guiar outras pessoas nela. Realmente, nós respondemos todos os dias às pessoas que pedem nossos conselhos no Twitter e por email!

Você pode usar isso a seu favor fazendo algumas pesquisas nas empresas de esports e games que existem perto de você. Se você está morando em algum lugar bastante remoto, infelizmente isso pode ser difícil, mas se você está em uma das principais cidades para empresas do setor, então você definitivamente pode fazer algumas incursões valiosas.

São Paulo, por exemplo, é a cidade em que diversas empresas de esports operam. Nela há organizações como Riot Games Brasil, Garena, FURIA, paiN Gaming, LOUD, BBL Esports e Team oNe eSports.

Através de email, Twitter ou LinkedIn, você pode tentar entrar em contato com empresas ao seu redor e perguntar sobre maneiras de se envolver no que elas estão fazendo. Seja honesto, explique sua paixão e diga à elas como você está tentando trabalhar com esports e veja se algo acontece a partir disso. Se não houver empresas de esports perto de você, adquirir experiência com uma empresa que opera em games é benéfico, pois a experiência é bastante transferível. Basta lembrar de duas coisas...

Em primeiro lugar, explique seus talentos e em que áreas você pode se destacar ao entrar em contato com uma empresa. Dizer vagamente que você deseja se envolver com elas não causará uma boa primeira impressão. Elas provavelmente têm caixas de entrada de email lotadas, então você precisa mostrar a elas como pode fornecer valor. Use suas habilidades essenciais e diga à empresa como estas habilidades podem ajudá-la em seus negócios.

Em segundo lugar, lembre-se de não incomodar as pessoas repetidamente. Se uma empresa ou funcionário não responder às suas mensagens, não os incomode com contatos constantes.

4. Passe algum tempo aperfeiçoando seu currículo e carta de apresentação

Não é nenhum segredo que a indústria de esports é cobiçada, com muitas pessoas tentando trabalhar na área. Por esse motivo, as vagas de empregos às vezes podem receber um número impressionante de inscrições. Em meio a essa multidão de talentos, você precisa se certificar de que sua carta de apresentação e seu currículo deixem a melhor impressão possível em uma pessoa responsável pelas contratações.

Experimente e crie um design exclusivo e elegante para o seu currículo, especialmente se você estiver se candidatando a empregos em setores criativos, como marketing ou design gráfico, e analise-o para se certificar de que não haja erros de ortografia ou informações desnecessárias.

5. Seja proativo em seu tempo livre

Embora este seja um ponto difícil de se explicar, absolutamente há mérito em ser o mais proativo possível nos esports. Com tantas pessoas querendo entrar na indústria, qualquer coisa que você possa fazer para se diferenciar de outra pessoa será de grande ajuda, mas certifique-se de priorizar sua saúde e não se esforçar muito.

Se você é designer gráfico, por exemplo, uma maneira de você mostrar que é proativo e, ao mesmo tempo, refinar suas habilidades, é criar artes sem que ninguém tenha pedido e depois compartilhar no Twitter. Vemos algumas pessoas fazendo isso e, ocasionalmente, seus desenhos são compartilhados por jogadores profissionais caso eles tenham sido marcados na publicação.

Se escrever é o seu forte, considere começar seu próprio blog. Além de você aprender habilidades valiosas, também mostrará que, mesmo em seu tempo livre, você está tentando contribuir com os esports, que é algo valioso para uma pessoa responsável pelas contratações em uma empresa.

Quer sejam artes, blogs, vídeos do YouTube ou sites, pense em trabalhar proativamente em seus próprios projetos quando puder. É algo que pode ser muito valioso em sua carta de apresentação ou currículo.

6. Utilize as redes sociais

A próxima dica pode parecer bizarra para alguém que está começando a trabalhar com esports, mas poucas comunidades têm uma presença tão forte no Twitter do que a dessa indústria. Na verdade, está em um nível em que vemos empregos anunciados apenas por meio do Twitter, se não houver informações o suficiente para ser publicada com uma descrição de trabalho completa.

Damos RT em diversas oportunidades que encontramos que não estão listadas como empregos, como esta, esta, esta e esta, mas há mais benefícios em estar no Twitter do que apenas isso. Você pode se conectar com pessoas que pensam como você e comentar sobre o que está acontecendo na indústria. As pessoas até são contatadas diretamente no Twitter a respeito de empregos nos esports - ouvimos falar sobre isso com frequência!

O Twitter é uma grande plataforma para se estar, mas para quem quer levar os esports a sério como carreira, ingressar no LinkedIn também é uma jogada inteligente. A maioria dos benefícios que listamos existem no LinkedIn também, mas é aconselhável estar em ambos ao mesmo tempo - aproveite para nos seguir por lá!

7. Verifique a Hitmarker com frequência

Se você foi capaz de seguir as seis dicas anteriores sobre como entrar na indústria de esports, então a única coisa que falta é um trabalho propriamente dito!

Temos orgulho de reunir o banco de dados mais completo de empregos nos esports que existe. Publicamos dezenas de vagas todas as semanas, por isso recomendamos fortemente o uso de nossa plataforma para localizar oportunidades na indústria.

Apenas lembre-se: não se empolgue e aplique em tudo que você encontrar. É uma armadilha na qual muitas pessoas caem, e o resultado são candidaturas de baixa qualidade que recebem emails de rejeição ou pior, nenhum email de volta. Em vez disso, concentre-se na qualidade em vez da quantidade e realmente dê tudo de si no que você está se candidatando.

Embora seja bom ter uma carta de apresentação básica que você possa editar para cada emprego, você não deve enviar a mesma coisa para dez empresas diferentes. As pessoas responsáveis pelas contratações podem perceber textos copiados e colados a quilômetros de distância - acredite em nós - e é muito melhor escrever uma carta de apresentação exclusiva para cada função a que você se candidata.

Dessa forma, se a empresa vai lançar uma linha de produtos ou estiver prestes a entrar em um novo mercado, você pode usar a carta de apresentação para contar a eles sobre como suas habilidades específicas tornarão esse processo ainda mais bem-sucedido. E isso é realmente mostrar o seu valor como candidato.

Encontrar um emprego se resume em ampliar ao máximo suas opções, então, se você levou em consideração nossos pontos anteriores neste artigo, diríamos que você está pronto para começar a se candidatar.

Boa sorte na busca!

Equipe Hitmarker